Além do viver - Por Marcos Junior


COLÉGIO ESTADUAL JOSINO MENEZES

PROFESSORAS ORIENTADORAS: RITA FREIRE E CÉLIA MÔNICA

ESCRITOR: MARCOS ALBERTO DE OLIVEIRA JUNIOR

MARCOS É POETA, CRONISTA E MEMBRO DA ACADEMIA DE LETRAS ESTUDANTIL DE JAPOATÃ.

Além do viver

Todo ser tem sua essência

Sua cor, seus traços, suas diferenças

A sociedade gosta de julgar

Com palavras que pouco a pouco mata,

Nunca julgue o livro pela capa...

Na escola , nas ruas, nas praças

Te atacam com duras palavras

Fazem questão de denegrir

Mesmo com a alma sangrando, destruida

As lágrimas derramadas do seu olhar

Para seu ego saciar.

O bullying, a gordofobia e o racismo

São as piores agressões insanas

Vão destruindo o sentido

Da nossa bela vida humana

Sei o que é ser diferente

E a minha vida não amar

Durante meu crescimento

Sofri de tal forma

Que planejei a vida tirar...

Não queria estudar

Chorei muito,me isolava

Perdi o interesse pelos estudos

Me cansei de tanto desdém

O que eu mais queria era sumir

Desaparecer e ir para o além.

Comentei com minha mãezinha

Com esses infelizes, ela conversava

Tomava bastante cuidado

Com o que dizia, com as palavras

Porque eles eram crianças

E minha mãe, uma mulher formada...

As agressões continuavam

Verbalmente, me insultavam

Um dia não aguentei

Por pura ingenuidade revidei

Com violência tão grande

Não suportei o sentimento malvado

Fiquei trite , constrangido

Com aquelas agressões

Me sentindo muito culpado.

Depois que tomei essa atitude

Pararam de me importunar

Agora surgiu outra fase

Da sociedade julgar

Eram tantos comentários

Que ficam em minha memória

Foram machucando a alma

Cicatrizando minha história.

Certo dia não aguentei

Partes do corpo, eu mutilei

Estava alheio, feito folha de papel na água

Lágrimas dos meus olhos

Pouco a pouco escoavam

Percebendo minha aflição

Minha mãe aconselhou

Que para curar as feridas

Temos que andar de cabeça erguida

Que seguir em frente sem medo

Enfrentando tudo sem receio

Sem pensar em despedida...

O melhor dessa vida

É ser feliz, como somos

Não da valor ao que pensam de nós

Que tudo na vida passa

Hoje estou de bem e em paz

Respeito todos que encontro

O bullying é uma desgraças

Destruidor de vidas

Exterminador de sonhos.

(Marcos Junior)


  • White Google+ Icon
  • Twitter Clean
  • facebook

2020 Domingos Pascoal

Aracaju, Sergipe