Cordel "O inesperado"



A jovem, Claudia Emilly Silva Barreto, mora em Nossa Senhora da Glória na capital do Sertão Sergipano, onde cresceu ouvindo os casos e cantigas da sua vó Maura que despertava nela desde cedo amor pelas palavras, mais tarde aos nove anos começou a produzir poesias e cordéis expressando seu amor pelo nordeste e pelas coisas a sua volta Atualmente cursa letras portugues na Universidade Federal de Sergipe, tendo participação em nove antologias poéticas publicadas nacional e internacionalmente foi vencedora geral do concurso de poesia promovido pela Controladoria Geral do Estado, em 2019 publicou seu primeiro folheto de cordel em que aborda temas referente ao cangaço, este ano também fará parte da Academia de letras estudantil de Japoatã.

  • White Google+ Icon
  • Twitter Clean
  • facebook

2020 Domingos Pascoal

Aracaju, Sergipe