2019 Domingos Pascoal

Aracaju, Sergipe

  • White Google+ Icon
  • Twitter Clean
  • facebook

ACADEMIA LITERÁRIA EM AÇÃO - Por Antônio FJ Saracura

28/03/2019

ACADEMIA DE ITABAINA DE LETRAS PARTICIPA DE MESA DE DEBATES NA UFS – ITABAIANA.


O evento foi organizado pelas professoras Jussane Teles (do Murilo Braga) e Vilma Mota Quintela (Letras da UFS) e abordou o tema: Aproximação da história com a literatura: Sergipe como matéria ficcional. Aconteceu no Campus Alberto de Carvalho, em Itabaiana, na noite de 18 de março, e teve como plateia, alunos dos cursos da UFS, que estão lendo livros de autores sergipanos. Além dos membros da Academia Itabaianense de Letras (José de Almeida Bispo, Robério Santos e Antônio FJ Saracura) participaram da mesa os intelectuais José Costa Almeida (professor universitário de literatura aposentado e José Eriberto Souza (professor universitário e cientista da arte literária). Após a abertura feita pela professa Vilma Quintela, quando mostrou o sentido da mesa de debates, deu a palavra aos componentes da mesa. José Costa traçou paralelos entre a história e a literatura, demostrando que a segunda é filha e mãe da primeira. Filha porque trafega sempre pelo fato histórico (toda prosa ou poesia baseia-se em fatos reais externos ou internos ao autor), e mãe, porque prover subsídios à história (a história grega com seus poemas épicos, a judaica com os livros da bíblia, por exemplo. Enquanto a história narra fatos, a literatura extrapola, pois é arte, e agrega a criatividade do autor no sentido de transformar os fatos em universais, de interesse de cada leitor. Saracura discorreu sobre o trabalho árduo do escritor que após livro pronto percebe que tem que o refazer inteiro (infinitas vezes). Comentou sua obra, composta de seis livros: a origem e a missão de cada um. Robério Santos tratou especialmente de sua obra. Os caminhos por onde andou e anda sua literatura. Desde os romances e biografias até o monumental e reconhecido trabalho sobre o cangaço. O canal de Youtube que criou e utiliza já alcançou vinte e cinco milhões de acessos. José de Almeida Bispo contou sua trajetória até chegar ao grande historiador que hoje é, autor de cinco vídeos armazenados no Youtube, um livro clássico e um conjunto de banners temáticos que tratam da história de Itabaiana e do Brasil. José Eriberto Souza valeu-se na poesia de Álvaro de Campos (Fernando Pessoa) e de textos de sua autoria para mostrar a complexa engenharia de uma obra de arte literária. Entrou pela construção civil e mostrou uma viga malfeita (feita com descuido) derrubando um prédio inteiro. Assim é o romance. Apenas uma palavra mal colocada destrói a obra e o autor, definitivamente. Alunos presentes apresentaram questões que foram debatidas pelos componentes da mesa. As professoras Vila Quintela e Jussane Teles fizeram considerações finais e os acadêmicos autografaram livros.

 

Antônio FJ Saracura 
 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

30 anos do GOB SE - 1º Encontro de Grão-Mestres do Nordeste

07/12/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes