2019 Domingos Pascoal

Aracaju, Sergipe

  • White Google+ Icon
  • Twitter Clean
  • facebook

Evento discutiu o envolvimento dos jovens sertanejos com universo da leitura e escrita - Por Carlos Alexandre Aragão

08/05/2019

Reunir crianças e jovens para discutir o ato de ler e escrever na contemporaneidade parece ser uma utopia, mas isto não condiz com a verdade. Esses sujeitos, precisamente 270, estiveram reunidos no sábado, 04/05/19, no Colégio Estadual Cicero Bezerra,  Nossa Senhora da Glória, na realização do III Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano. Durante o dia ocorreram falas, recitações, músicas,  sonhos, realidades,  angústias, alegrias e muito acolhimento através da matéria-prima PALAVRA. Este instrumento move diversas pedras existentes em nosso caminho,  deslumbra novos horizontes, aproxima pessoas, constrói mundos.  Mundos como os colocados por cada jovem que se pronunciou. 

 

                                                 Fonte Foto: Facebook

 


A temática do evento era “O fazer literário dos jovens sertanejos” e deu-se início com a palestra do poeta e Membro Fundador da AGL Jorge Henrique “A Procura da Poesia”. Em seguida, ocorreram três mesas-redondas com a participação efetiva de crianças e jovens. A primeira mesa “Do papel para a ação: projetos de incentivo à leitura e escrita no sertão” foi composta por Aécio (Jovens Cronistas do Sertão), Bárbara Victória (Clubinho de Leitura), Lucyelma (A Poesia indo à Escola), Maria Eduarda (De Mãos dadas com a poesia), Tais (Clube de Leitura Antônio Carlos Viana) e Thiago Dantas (Plêiade Cavalo-do-cão) com a coordenação da professora Rosa Maria de Itabaiana. Foi uma mesa que deixou todos os participantes radiantes com as ações desenvolvidas nos municípios de Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória.


A segunda mesa discutiu o processo da escrita feito por jovens sertanejos, cujo tema foi “De leitor a escritor: jovens escritores” com a participação dos jovens poetas Lucas de Jesus e Rafael de Souza. Além deles, a professora Orleane apresentou o livro organizado por ela e o professor Fábio com textos dos estudantes do Colégio Atena. A mesa foi mediada por Rita de Cáscia membro da Academia Japoatanense de letras e Artes). Foi um momento em que cada participante conseguiu visualizar a materialização do envolvimento da palavra e o escritor. Esta mesa encerrou o período da manhã.


Com o tema “As Academias estudantis como um espaço de transformação” foi realizada a terceira e última mesa-redonda do evento. Essa mesa contou com a participação dos jovens João Paulo e Cleane Paixão (Membros da Academia Serrana de Jovens Escritores), Vitória Barreto (Academia de Letras Estudantis de Sergipe (ALES). Crystian Felipe e Tânia (Centro Acadêmico de Letras do Colégio “O Saber”) com a coordenação da professora Márcia Fernanda (Membro da Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano). O entusiasmo de cada palestrante nos mostrou o quanto nossos jovens são sedentos de momentos que oportunizem ações para o seu envolvimento com o universo da leitura e escrita. Finalizamos com a certeza que o próximo será ainda melhor por sentirmos o envolvimento de todos. 


O evento foi prestigiado por membros das seguintes instituições: Academia Gloriense de Letras, Academia Japoatanense de letras e Artes, Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano, Academia Literária de Vida de Propriá, Academia Itabaianense de Letras, Academia Sergipana de Letras, Academia Cristinapolitana de Letras e Humanidades, Academia Literária Brasil-Suiça secção Sergipe, Academia Serrana de Jovens Escritores, Academia de Letras Estudantis de Sergipe, Centro Acadêmico de Letras do Colégio “O Saber”, A Poesia indo à Escola (Monte Alegre de Sergipe), De Mãos dadas com a Poesia (Monte Alegre de Sergipe), Plêiade Cavalo-do-Cão (Monte Alegre de Sergipe), Jovens Cronistas do Sertão (Monte Alegre de Sergipe), Jovens Escritores de Japoatã, Clube e Clubinho de Leitura Antônio Carlos Viana (Nossa Senhora da Glória), Centro de Excelência 28 de Janeiro (Monte Alegre de Sergipe), Colégio Estadual Cicero Bezerra (Nossa Senhora da Glória),, Centro de Excelência Miguel das Graças(São Miguel do Aleixo), Escola Municipal Dom José Tomaz (Itabaiana), Colégio Educativo (Japoatã), UFS São Cristovão, UFS campus do sertão, Colégio Atena (Nossa Senhora da Glória), Escola Municipal Eliete de Melo Guimarães (Japoatã), Escola Estadual Bráulio Cavalcante (Pão de Açúcar – AL), FAPIDE, Escola Municipal Presidente Tancredo Neves (Nossa Senhora da Glória), Escola Municipal Antônio Barbosa (Povoado Baixa Verde – Monte Alegre de Sergipe), Colégio O Saber (Itabaiana), Escola Municipal Drº Oliveira Ribeiro (Gararu), Escola Municipal José Augusto Barreto (Nossa Senhora da Glória), Centro de Excelência Nelson Rezende de Albuquerque (Povoado São Matheus – Gararu) e Colégio Estadual Pe. Leon Gregório (Nossa Senhora da Glória)


É devido a este espetáculo que a Academia Gloriense de Letras (AGL) continua firme nas suas ações de oportunizar projetos voltados ao universo da leitura e escrita, unindo os laços com a FAPITEC (Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe). Agradecemos o apoio e confiança de cada estudante, professor (a),  equipe diretiva, confrades e conferiras das coirmãs, a todos que fazem o Colégio Estadual Cicero Bezerra na pessoa da diretora Glaucia Pâmela, aos jovens do grupo musical Augustu's Band e de Edilene Santos. Vida longa ao Encontro!


Carlos Alexandre N. Aragão
(Idealizador do Encontro e Membro da Academia Gloriense de Letras)

 

       Fonte Foto: Facebook

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque