2019 Domingos Pascoal

Aracaju, Sergipe

  • White Google+ Icon
  • Twitter Clean
  • facebook

Mais uma edição do Sarau no Coreto - Por Carlos Alexandre

04/12/2019

  A edição do Sarau no Coreto que ocorreu noite do dia 23 de novembro, reuniu estudantes, professores e a população em geral para comemorar os 66 anos de Emancipação Política do município de Monte Alegre de Sergipe. Em 25 de novembro de 1953 Monte Alegre de Sergipe foi elevada à categoria de cidade. As escolas municipais e estaduais situadas na sede do município realizaram uma mostra denominada "Retratos de Monte Alegre". O Sarau iniciou com o jovem músico Samuel Clácio e em seguida modas de viola com seu Humberto. Após a apresentação foi a vez dos estudantes da Escola Manoel Pereira de Barros apresentarem a história das religiões no município com a coordenação da professora Betânia junto à equipe gestora.  As alunas recitaram o cordel autoral denominado "Diferenças". A Escola Municipal Gildete Reis apresentou a culinária local, disponibilizando para o público, gratuitamente, uma variedade de comida. Esta atividade foi organizada pelas professoras Aline, Ana Angélica, Lena, Martha Daniele e a equipe gestora.

 

O Colégio Estadual José Inácio de Farias mostrou, através de pesquisas, a história de fundação do município, organizando uma exposição de objetos antigos. Lucas Alves, pai de um estudante do referido colégio,  apresentou  um repente sobre Monte Alegre e algumas estudantes recitaram o cordel de Marilene Barros, ex-gestora da escola. Dando prosseguimento, o público assistiu à apresentação do grupo de maculelê  formado por estudantes do José Inácio com a coordenação do professor Edicarlos. A atividade do José Inácio de Farias foi orientada pelas professoras Janeilma e Martha Daniele com o apoio do coordenador Ademir e da gestora Mary. Como não pode haver Sarau sem poesia. A poetisa monte-alegrense, Betânia Andrade (profa. Betânia), recitou o poema "Monte Alegre de Sergipe ". Seguindo a linha das recitações, o professor Wagner Canuto fez uso da palavra para mostrar um poema autoral, produzido no momento, em homenagem à Monte Alegre. Finalizando as recitações, o poeta Rafael de Souza apresentou algumas das suas produções. Caminhando para o encerramento, os estudantes do Centro de Excelência 28 de Janeiro apresentaram as obras escritas por escritores monte-alegrenses e alguns escritores como José Nunes, Alexandre Moura, Márcia Fernanda, Betânia Andrade, Rafael de Souza, Emilly e Martha Daniele. A professora Márcia Fernanda, uma das organizadoras do Encontro de Escritores Monte-alegrenses e Convidados) convidou a população para o lançamento da Antologia dos Escritores Monte-alegrenses e Convidados na próxima segunda-feira, 24/11/19, às 19h na Câmara Municipal. Assim foi a edição do Sarau no Coreto de novembro. Vale ressaltar que o Sarau é um Patrimônio Cultural e Imaterial de Monte Alegre de Sergipe, logo, é de toda população.  Agradecemos o apoio incondicional dos estudantes, professores e equipe gestora pela organização das pesquisas e na concretização de mais uma edição do Sarau no Coreto. Também agradecemos à população por prestigiar cada edição do Sarau. Nosso muito obrigado! O Sarau é de todos nós.

 

Carlos Alexandre

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Mais uma edição do Sarau no Coreto - Por Carlos Alexandre

04/12/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo